Vocação

0 595

É só rezar que o céu responde

Em diversas passagens do Evangelho Jesus afirma e confirma o efeito da oração para que o céu se abra, para que tenhamos o favor de Deus. Os doentes se aproximam pedindo cura, e Jesus a realiza, na medida da fé de cada um. O penitente bate no peito e pede perdão, e sai justificado, na medida de sua confiança e humildade. “Pedi e recebereis, batei e a porta se abrirá” disse Jesus. Disse também: “Se vós, sendo maus sabeis dar coisas boas aos filhos, que dirá o Pai do Céu, que é totalmente bom”. Jesus recomenda que peçamos “em seu nome”, para garantir que o Pai atende, e ao atender ao pedido explícito de sua querida Mãe, nos deu a ela também como intercessora permanente. Por isso é importante sempre pedir, com insistência, com confiança e humildade.

Parece contradição, mas não é: Jesus diz também que o Pai já sabe quais são as nossas necessidades. Não precisamos ficar repetindo o que ele já sabe. Ele mesmo disse que não precisamos nem pedir porque assim como o Pai oferece o melhor para alimentar os pássaros e para vestir a natureza, muito mais o fará a seus filhos. Então, não precisamos pedir?

Estou propondo esta reflexão motivado pelo grande pedido que fazemos no mês de agosto, e que foi recomendado pelo Senhor: “Pedi ao Senhor da messe que envie operários para a sua messe” (Mt 9,38). A colheita é grande e os operários são poucos. Agosto é mês de rezarmos sem descanso ao Senhor da messe, embora ele já saiba de nossa necessidade.

Estamos celebrando neste mês das vocações pela décima quinta vez o maior acontecimento vocacional da Diocese, o ConVocação. O evento já foi descrito no último Bio e é uma das maiores feiras vocacionais da América Latina, com milhares de jovens percorrendo os stands das Congregações religiosas, participando dos shows, das celebrações, confissões e palestras, lanches e diversões. É um final de semana atraente e divertido. Por certo, muitos jovens serão tocados pelo convite de Deus e irão procurar o seminário, as congregações religiosas. Mas é o evento que produz vocações? Não, claro. A vocação é graça divina. Mas a graça aconteceria sem o evento vocacional? Poderia, sim, porém Deus se utiliza de mediações, de sinais, de testemunhos e incentivos, para fazer chegar seu convite aos escolhidos.

Então, é preciso rezar ou o Pai já sabe o que precisamos? Já podemos responder com mais clareza. A oração é sempre necessária e essencial. Também o trabalho vocacional intenso, pois nela a vontade de Deus se encontra com o compromisso da comunidade e daquele que é chamado. Daí o pedido de Jesus: rezai ao Senhor da messe.

Em abril iniciamos uma campanha de oração pelas Vocações, com o nome “Em cada Comunidade uma nova Vocação”. É esse um projeto assumido por dezenas de dioceses por todo o Brasil. Na ocasião da Missa do Crisma, os padres reunidos assumiram divulgar e manter o projeto. Milhares de folhetos foram impressos para orientar a campanha. Coisa muito simples: distribuir esses folhetos a todos os movimentos e para as famílias. E em cada encontro da Comunidade rezar antes uma dezena do terço pelas vocações. Algumas comunidades que visito tem sido muito fiéis. Quando a missa vai começar algum Ministro ou catequista já inicia a dezena. Isso não vai ficar sem frutos, com certeza. É certo também que algumas paróquias não assumiram para valer. Em muitas, encontrei os folhetos, que deveriam ser distribuídos de mão em mão, deixados sobre a mesa aos montes, e por certo vão para o lixo pouco a pouco. É pena. Posso imaginar que haja vocações que não serão despertadas, por falta dessa mediação que o Pai ofereceu e não aconteceu por negligência. Vamos retomar o projeto, insistir como Jesus mandou: “Pedi ao Senhor da messe que envie operários…” Lembro que esse projeto foi um dos propósitos da celebração dos 30 anos da Diocese, juntamente com as visitas pastorais e a peregrinação das relíquias dos padroeiros diocesanos, Santo Antônio e São João Paulo II.

Por falar nos 30 anos da Diocese, com tantas graças e bênçãos que temos para agradecer a Deus, temos também a graça de cinco novos padres sendo ordenados durante o ComVocação. E mais quatro diáconos, a ser ordenados em dezembro, se Deus o permitir. Esses são frutos de muita oração e trabalho vocacional realizado nos últimos anos, ainda sob os cuidados de Dom Ercílio Turco. Vamos continuar rezando intensamente, pela perseverança desses que serão ordenados, mas também para que o Senhor da Messe continue a passar e a tocar generosamente os nossos jovens, moças e rapazes que queiram dedicar toda a sua vida ao amor do Senhor e o cuidado de seu rebanho. Rezando, o céu se abre.

Dom João Bosco, ofm

Bispo Diocesano de Osasco

0 385

comvocação missa

A Arena Concha Acústica da Fito em Osasco sediou, nos dias 19 e 20 de agosto, um dos maiores eventos nacionais em prol das vocações sacerdotais. O ‘Comvocação’ é realizado pelo Seminário São José da Diocese de Osasco. A princípio, se tratava de uma iniciativa para contribuição financeira na formação dos novos padres, porém, atualmente, se tornou o seio onde nasce a vocação religiosa de muitos jovens.

O evento traz uma ampla grade de programação como shows de bandas católicas, missas, aconselhamentos, confissões, adoração, prestação de serviços, recreação para as crianças, praça de alimentação, entre outras atividades.

O bispo diocesano Dom João Bosco Barbosa de Sousa presidiu a missa diocesana no domingo, 20, e em seguida a inauguração da Feira Vocacional.

comvocação

A Feira Vocacional é uma das grandes atrações do Comvocação, um espaço dedicado às congregações religiosas e pastorais, onde têm a oportunidade de comunicar seus trabalhos e carismas. Este ano, conforme informado por Bruno Paz, um dos colaboradores da equipe, a feira trouxe 28 expositores entre congregações religiosas, pastorais e livrarias.

A celebração eucarística comemorou também o encerramento da Semana Nacional da Família, que ocorreu de 13 a 19 de agosto, preparada pela Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e Família da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CEPVF/CNBB), na qual Dom João Bosco ocupa o cargo de presidente.

O Comvocação está em sua 14ª edição e recebe milhares de visitantes e voluntários, vindos das várias paróquias da diocese.

0 464

Na noite de ontem, 02, dia em que celebramos o Dia da Vida Consagrada, Irmã Marilda fez sua Primeira Profissão como Missionária de Jesus Sacerdote, MJS.

A cerimônia presidida pelo bispo diocesano Dom João Bosco, foi realizada na Paróquia São Francisco de Paula em Alumínio/SP.

 

Assista ao vídeo do momento dos votos de Irmã Marilda