Romaria Diocesana

0 135
A concentração teve início às 7h em frente à Tribuna Bento XVI. Foto: Renan Roseno

A Diocese de Osasco realizou no dia 01 de maio, a 14ª Romaria ao Santuário Nacional de Aparecida, Rainha e Padroeira do Brasil. Motivada pelo tema “Com a Mãe Aparecida, rumo aos 30 anos de evangelização”, a peregrinação deu início às festividades da diocese em preparação ao Jubileu de Pérola, que será celebrado em 2019. Foram mais de 300 ônibus e cerca de 16.000 romeiros, além da presença dos bispos, clero, religiosos, religiosas e seminaristas.

Dom João falou, aos fiéis, de sua alegria pelos 30 anos da diocese. Foto: Renan Roseno

Durante a peregrinação foram apresentadas as relíquias de Santo Antônio, padroeiro da diocese, e de São João Paulo II, eleito o co-padroeiro diocesano. As relíquias estarão em peregrinação por todas as paróquias, durante este ano.

Dom João frisou a importância da presença das relíquias nas comemorações do jubileu, “destaco que as relíquias, de nossos padroeiros, estarão em peregrinação por todas as 88 paróquias de nossa diocese, nas mais de 500 comunidades e aos quase 2 milhões de habitantes, que vivem nas 13 cidades de nossa diocese”.

Na Santa Missa celebrada às 9h no Santuário, Dom João em um breve comentário, mencionou que a diocese deve sempre lembrar-se de Dom Francisco Manuel Vieira, primeiro bispo de Osasco e Dom Ercílio Turco, o bispo Emérito, pela dedicação e trabalhos realizados por eles ao longo dos 30 anos de sua criação.

A missa foi presidida por Dom João, e concelebrada por D. Ercílio Turco (bispo emérito) e padres da diocese. Foto: Renan Roseno

0 319

Uma jovem e amadurecida diocese

Em abril de 2019, a nossa querida diocese de Osasco estará completando 30 anos, desde a sua criação, determinada pelo Papa São João Paulo II. Em maio, dia 1º, 30 anos de sua instalação. A mesma bula papal separava da Arquidiocese de São Paulo as dioceses de Santo Amaro, Campo Limpo, São Miguel Paulista e Osasco. Quatro irmãs gêmeas, destinadas a ser dioceses grandes, populosas, e, também, ricas em vitalidade pastoral, formadas por uma corajosa periferia urbana que aliava a fé intensa e o compromisso social. Osasco teve como primeiro bispo aquele que era já auxiliar de Dom Paulo Evaristo, Dom Francisco Manuel Vieira. A matriz de Santo Antônio passou a ser Catedral, e o número de paróquias, que na época eram 43, hoje mais que dobrou.  Eram 46 padres diocesanos, hoje chegamos aos 100. As Congregações Religiosas abriram caminhos, formaram comunidades, ensinaram, e junto com o clero diocesano alimentaram a fé dos mais de 1 milhão e meio de habitantes que moravam na diocese. Hoje são 2 milhões e meio, e as comunidades em torno às 88 paróquias chegam a quinhentas. Dom Ercílio Turco, que esteve à frente da diocese quase a metade desses anos, me segredou com seu jeito retraído dizendo assim: “O Senhor vai ter muita alegria aqui. É uma diocese muito boa”. Tinha razão.

Vamos então ter, a partir da Romaria do próximo 1º de Maio, um ano inteiro de preparação para o Jubileu de Pérola da Diocese de Osasco. E não será um ano de espera, mas um ano de caminhada. Vejam: neste ano temos programadas as visitas do Bispo em cada Região Pastoral. As Regiões agora são nove, com a chegada das três novas: São José Operário, Ibiúna e Itapevi. Isso significa mais proximidade, mais organicidade, mais facilidade na formação e na troca de experiências.

Teremos também durante este ano a visita peregrina das relíquias de Santo Antônio, padroeiro da diocese, e de São João Paulo II, aquele que criou a Diocese. A nossa Catedral, que está sendo restaurada e ampliada, receberá, no final da peregrinação, as relíquias, e faremos a proclamação de São João Paulo II como co-padroeiro Diocesano. Ainda este ano teremos em andamento o projeto vocacional “Cada Comunidade uma Nova Vocação”. Esse projeto, que foi lançado na Missa do Crisma, está se espalhando por todo o Brasil, mas para nós tem um sabor especial: são 15 anos do ComVocacão, o nosso maior evento vocacional, pelo qual devemos dar muitas graças a Deus. Tudo isso ocorre em meio ao Ano do Laicato, que deverá também produzir muitos frutos de participação e compromisso dos nossos Leigos e Leigas, na Igreja e no mundo.

Nesse ano também estaremos experimentando os primeiros passos da Missão em Moçambique, com os Diáconos Rafael e Denis, integrando a Missão do Regional Sul 1 da CNBB. Nosso compromisso será de rezar por eles e ajudar materialmente a missão. Mas, mais que isso, queremos receber as bênçãos de Deus para nos tornar mais ainda uma “Igreja em saída”, um renovado empenho missionário aqui mesmo em nossas comunidades, um Laicato que seja no mundo luz e sal, a serviço do Evangelho.

Romaria Diocese, maio de 2017.

O primeiro passo é a nossa Romaria. Mesmo sendo dia de São José Operário, a presença e participação de todas as paróquias é importante. Vamos chegar ao 1º de maio de 2019 com um legado forte e significativo, fruto que permaneça em nossas almas, e para as gerações futuras, um jubileu digno de uma diocese que começou uma história tão abençoada e heroica, e toma esse passado com respeito, com olhar de esperança.

Dom João Bosco, ofm
Bispo Diocesano de Osasco
Instagram @d.freibosco

0 440

Em comunhão com a Igreja de Osasco, as paróquias da diocese realizaram no dia 06 de maio a XIII Romaria ao Santuário Nacional de Aparecida.

Em comunhão com a Igreja de Osasco, as paróquias da diocese realizaram no dia 06 de maio a XIII Romaria ao Santuário Nacional de Aparecida. Desde a noite de sexta-feira (05), muitos já se encaminhavam à casa da Mãe Aparecida para participarem da peregrinação diocesana que reuniu 20.000 fiéis registrados em caravanas.

Além dos 300 anos da aparição da imagem de Nossa Senhora Aparecida, a diocese celebrou seu 28º aniversário de instalação e o encerramento da peregrinação diocesana ocorrida ao longo do último ano com a réplica da imagem recebida na romaria de 2016. Outro momento especial foi o lançamento do livro ‘Minha Mãe Aparecida’ do Pe. José Eduardo Oliveira pela editora Ecclesiae, no Auditório Padre Noé Sotillo.

romaria diocesana (76)
Oração do Terço na concentração – Tribuna Bento XVI.

Os peregrinos se concentraram por volta das 7h em frente à Tribuna Bento XVI para meditação e oração do Santo Terço. Os bispos Dom João Bosco Barbosa de Sousa (bispo titular) e Dom Ercílio Turco (bispo emérito), ausentes por motivo de convalescença, foram lembrados por Pe. Jorge Augusto Moreira – Coordenador de Pastoral, que dedicou um momento de oração em favor da breve recuperação de ambos.

Após o encerramento da concentração, os padres e peregrinos se dirigiram até o Santuário para o início da celebração da Santa Missa, presidida por Dom Edney Gouvêa Mattoso, bispo da Diocese de Nova Friburgo/ RJ, que pela segunda vez consecutiva realiza sua romaria em conjunto com a Diocese de Osasco. Dom Edney apresentou como intenções da Santa Missa os 95 anos de presença das Irmãs Angélicas no Brasil e lembrou-se da contribuição para a igreja de Irmã Miria Kolling, falecida no dia 05 de maio.

romaria diocesana (18)
D. Edney Gouvêa – bispo de Nova Friburgo.

Na homilia o bispo destacou a perseverança na oração e a compreensão do silêncio de Deus, que muitas vezes nos inquieta. “Quando nada acontece, há certamente um milagre que não estamos vendo”.  Dom Odiney relembrou também o encontro da imagem pelos pescadores que tirando-a das águas, levaram para casa e lhe prepararam um humilde altar, apontando-os assim, como exemplo do acolhimento e da doação que o cristão deve ter para com os outros. “Ser fiel é ofertar com amor e esmero o melhor que está ao nosso alcance.”

Finalizando a celebração Monsenhor Claudemir José, vigário geral de nossa diocese, fez a leitura da mensagem enviada por Dom João Bosco em agradecimento a Nossa Senhora Aparecida pelas bênçãos e graças recebidas durante a peregrinação da imagem na Diocese de Osasco.

Confira as fotos: https://goo.gl/UXbWtR

 

0 546

romariaQueridos irmãos e irmãs, no próximo dia 6 de maio, nossas comunidades irão ao Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida. Seremos milhares de irmãos reunidos na casa da Mãe de Deus, a Virgem Aparecida. Estamos nos preparamos para retornar ao Santuário Nacional, com mais de 20 mil peregrinos da diocese de Osasco, e de maneira muito especial, comemorando os 300 anos da aparição da imagem da Mãe Aparecida.

Exatamente há um ano, na romaria do ano passado ao Santuário de Aparecida, recebemos a imagem peregrina de Maria, que esteve em peregrinação em nossa diocese. Durante este último ano, de maio a maio, ela veio à nossa casa e passou por todas as nossas paróquias e comunidades. Visitou enfermos, fez crescer o desejo de servir melhor a seu Filho. Passou pelos leitos dos hospitais, pelos presídios, pelas escolas, pelas repartições públicas, pelos campos e pelas ruas das cidades. Foram muitos quilômetros de estrada, procissões, lágrimas sofridas, e sorrisos de alegria. “A Mãe de Deus nos visitou, vamos à sua casa para agradecer!”

No mês de maio a diocese de Osasco completa 28 anos. Temos muitos pedidos a fazer, é verdade, mas temos muito mais a agradecer. Por esse motivo, eu convido você a se juntar a nós na Romaria Diocesana ao Santuário Nacional de Aparecida. Procure a sua paróquia, se organize, convide seus familiares e amigos. Se você não participa ainda de uma paróquia, procure aquela que está mais próxima da sua casa, se informe! Vamos juntos à casa da Mãe Aparecida para louvar e agradecer a Deus pelas graças recebidas, pelas bençãos derramadas. A romaria será no dia 06 de maio e todos nós somos convidados a participar.

Dom João Bosco Barbosa de Sousa, ofm 

Assista ao vídeo: