Diácono

0 82

Aconteceu no sábado, 2 de junho de 2018, a Ordenação Diaconal do Ir. Uriel David Ascencio Torres,da Congregação Missionários do Espírito Santo. A cerimônia foi realizada na Comunidade Santa Rita de Cássia da Paróquia Cristo Rei, em Itapevi.

A missa de ordenação foi presidida por Dom João Bosco Barbosa de Sousa, ofm e os celebrantes principais foram Pe. Edmundo Felix  de los Santos Garcia, pároco da Paróquia Cristo Rei, e Pe. Manuel Varela Maldonado, Conselheiro do Governo Provincial. Compartilharam também deste momento de graça, alguns padres que fizeram parte do período de formação do diácono David.

Após a proclamação do Evangelho teve início o rito da ordenação. Pe. Roberto Pantoja, em nome da Igreja, pediu ao bispo ordenar o irmão David ao grau de diácono.

Na homilia, Dom João ressaltou a importância da pré-escolha divina de cada um de nós como batizados dizendo que “a vocação diaconal é uma vocação de serviço, de servos. Jesus a seus discípulos, no momento de maior intimidade lhes disse: eu não vos chamo de servos, mas de amigos. Ser amigo é levar à plenitude o serviço, um serviço qualificado pelo amor”.

A ordenação presbiteral do diácono David está prevista para o mês de dezembro, no México.

Continuando a celebração, o bispo interrogou o neo-diácono, que fez seu propósito como eleito. E encerrou com as palavras “Deus que inspirou este bom propósito te conduza sempre mais à perfeição”.“Meu caro David, você acolheu esse dom de Deus. No dia de hoje espero que cresça nele, cultive e tenha o dom do discernimento para chegar no presbiterato em breve, e exercê-lo com toda alma, com toda entrega, com toda amizade com Cristo, que engrandece a nossa pequenez e que nos permite assumir esse dom”, finalizou o bispo.

Após a ladainha, Dom João impôs as mãos sobre ele e fez a oração de ordenação. Padre Edmundo fez a entrega da estola a David, e o bispo entregou-lhe o livro dos Evangelhos.

Ao finalizar a missa, padre Edmundo agradeceu a todos os que se fizeram presentes e aos que colaboraram para realização da cerimônia. Por sua parte, o diácono agradeceu, primeiramente a Deus, por permitir-lhe chegar a esta etapa da sua vida e por ter-lhe permitido encontrar o rosto brasileiro de Deus em cada pessoa que conviveu. O diácono David saudou e agradeceu a sua família, que do México, acompanhava a ordenação pela internet.

Diácono David nasceu no dia 23 de julho de 1989 em Guadalajara, no México. Fez sua primeira profissão de votos como Missionário do Espírito Santo no dia 2 de agosto de 2009, sua profissão solene aconteceu no Brasil, na Paróquia Espirito Santo, no dia 26 de janeiro 2018.

0 377

Em Missa Solene no dia 24 de junho de 2017 às 09h, na Paróquia São Lucas Evangelista na cidade de Carapicuíba – SP, o seminarista Cleiton Jorge Cordeiro Evangelista será ordenado diácono para serviço de Deus e de seu povo.

O anúncio da ordenação foi feito por Dom João Bosco na manhã do último sábado, 25 de março de 2017, na Santa Missa da Solenidade da Anunciação do Senhor na Catedral de Osasco, por ocasião da Admissão de 6 seminaristas à Ordem Sacra e comemoração dos 10 anos de episcopado do nosso bispo diocesano.

Segundo o Catecismo da Igreja Catolica, no parágrafo 1570, “os diáconos participam de modo especial na missão e na graça de Cristo. São marcados pelo Sacramento da Ordem com um sinal (“caráter”) que ninguém poderá apagar e que os configura a Cristo, que se fez “diácono”, isto é, servidor de todos. Cabe aos diáconos, entre outros serviços, assistir o Bispo e os padres na celebração dos divinos mistérios, sobretudo a Eucaristia, distribuir a Comunhão, assistir ao Matrimônio e abençoá-lo, proclamar o Evangelho e pregar, presidir os funerais e consagrar-se aos diversos serviços da caridade”.

Confira a seguir um breve histórico do ordenando:

Cleiton Jorge

Nasceu em 11 de agosto de 1984 e ingressou no Seminário em 11 de fevereiro de 2008.

Sua paróquia de origem é a São Lucas Evangelista em Carapicuíba – SP.

Atualmente o seminarista Cleiton Jorge realiza o seu estágio pastoral na Paróquia São José – Vila São José – Região Bonfim.

Já passou pelas paróquias: Paróquia Nossa Senhora Aparecida (Tijuco Preto) – Região Cotia, Paróquia Cristo Rei – Região Bonfim e Paróquia Santa Teresinha do Menino Jesus e São Roque – Região São Roque.

Seu lema de ordenação diaconal é: “Nossa vida é um presente de Deus, e o que fazemos dela é o nosso presente para Ele”. (Dom Bosco).

0 592

No dia 24 de junho de 2017 às 09h, na Paróquia São Lucas Evangelista em Carapicuíba – SP, o seminarista Cleiton Jorge Cordeiro Evangelista será ordenado diácono para serviço de Deus e de seu povo.

O anúncio da ordenação foi feito por Dom João Bosco na manhã do último sábado, 25 de março de 2017, na Santa Missa da Solenidade da Anunciação do Senhor na Catedral de Osasco, por ocasião da Admissão de 6 seminaristas à Ordem Sacra e comemoração dos 10 anos de episcopado do nosso bispo diocesano.

Segundo o Catecismo da Igreja Catolica, no parágrafo 1570, “os diáconos participam de modo especial na missão e na graça de Cristo. São marcados pelo Sacramento da Ordem com um sinal (“caráter”) que ninguém poderá apagar e que os configura a Cristo, que se fez “diácono”, isto é, servidor de todos. Cabe aos diáconos, entre outros serviços, assistir o Bispo e os padres na celebração dos divinos mistérios, sobretudo a Eucaristia, distribuir a Comunhão, assistir ao Matrimônio e abençoá-lo, proclamar o Evangelho e pregar, presidir os funerais e consagrar-se aos diversos serviços da caridade”.

Confira a seguir um breve histórico do ordenando:

Cleiton Jorge

Nasceu em 11 de agosto de 1984 e ingressou no Seminário em 11 de fevereiro de 2008.

Sua paróquia de origem é a São Lucas Evangelista em Carapicuíba – SP.

Atualmente o seminarista Cleiton Jorge realiza o seu estágio pastoral na Paróquia São José – Vila São José – Região Bonfim.

Já passou pelas paróquias: Paróquia Nossa Senhora Aparecida (Tijuco Preto) – Região Cotia, Paróquia Cristo Rei – Região Bonfim e Paróquia Santa Teresinha do Menino Jesus e São Roque – Região São Roque.

Seu lema de ordenação diaconal é: “Nossa vida é um presente de Deus, e o que fazemos dela é o nosso presente para Ele”. (Dom Bosco).