Romaria Diocesana concentra 20.000 fiéis em Aparecida

0 199

Em comunhão com a Igreja de Osasco, as paróquias da diocese realizaram no dia 06 de maio a XIII Romaria ao Santuário Nacional de Aparecida.

Em comunhão com a Igreja de Osasco, as paróquias da diocese realizaram no dia 06 de maio a XIII Romaria ao Santuário Nacional de Aparecida. Desde a noite de sexta-feira (05), muitos já se encaminhavam à casa da Mãe Aparecida para participarem da peregrinação diocesana que reuniu 20.000 fiéis registrados em caravanas.

Além dos 300 anos da aparição da imagem de Nossa Senhora Aparecida, a diocese celebrou seu 28º aniversário de instalação e o encerramento da peregrinação diocesana ocorrida ao longo do último ano com a réplica da imagem recebida na romaria de 2016. Outro momento especial foi o lançamento do livro ‘Minha Mãe Aparecida’ do Pe. José Eduardo Oliveira pela editora Ecclesiae, no Auditório Padre Noé Sotillo.

romaria diocesana (76)
Oração do Terço na concentração – Tribuna Bento XVI.

Os peregrinos se concentraram por volta das 7h em frente à Tribuna Bento XVI para meditação e oração do Santo Terço. Os bispos Dom João Bosco Barbosa de Sousa (bispo titular) e Dom Ercílio Turco (bispo emérito), ausentes por motivo de convalescença, foram lembrados por Pe. Jorge Augusto Moreira – Coordenador de Pastoral, que dedicou um momento de oração em favor da breve recuperação de ambos.

Após o encerramento da concentração, os padres e peregrinos se dirigiram até o Santuário para o início da celebração da Santa Missa, presidida por Dom Edney Gouvêa Mattoso, bispo da Diocese de Nova Friburgo/ RJ, que pela segunda vez consecutiva realiza sua romaria em conjunto com a Diocese de Osasco. Dom Edney apresentou como intenções da Santa Missa os 95 anos de presença das Irmãs Angélicas no Brasil e lembrou-se da contribuição para a igreja de Irmã Miria Kolling, falecida no dia 05 de maio.

romaria diocesana (18)
D. Edney Gouvêa – bispo de Nova Friburgo.

Na homilia o bispo destacou a perseverança na oração e a compreensão do silêncio de Deus, que muitas vezes nos inquieta. “Quando nada acontece, há certamente um milagre que não estamos vendo”.  Dom Odiney relembrou também o encontro da imagem pelos pescadores que tirando-a das águas, levaram para casa e lhe prepararam um humilde altar, apontando-os assim, como exemplo do acolhimento e da doação que o cristão deve ter para com os outros. “Ser fiel é ofertar com amor e esmero o melhor que está ao nosso alcance.”

Finalizando a celebração Monsenhor Claudemir José, vigário geral de nossa diocese, fez a leitura da mensagem enviada por Dom João Bosco em agradecimento a Nossa Senhora Aparecida pelas bênçãos e graças recebidas durante a peregrinação da imagem na Diocese de Osasco.

Confira as fotos: https://goo.gl/UXbWtR

 

Sem comentários

Deixe um comentário

*